quinta-feira, dezembro 27, 2007

PROMESSAS DE FIM DE ANO... MAIS UMA VEZ!


Por Leticia Vidica


“Emagrecer 10 quilos. Ser mais paciente com a minha mãe, com os homens e com os meu vizinhos. Beber menos. Sair menos. Gastar menos (isso é muito importante!!). Economizar mais...” Será que consigo dessa vez?

Antes de responder a mim mesma, fui interrompida pela campainha e pelos gritos da Lili e da Betina com uma garrafa de champagne barato nas mãos:

- Feliz Ano Novoooooooooooo
- Nossa, gente, mas pra quê tanto? Querem que eu seja expulsa do prédio? E além do mais hoje ainda é dia 30!
- Já vi tudo...que tédio, amiga! Vamos comemorar.... – disse a empolgada da Betina
- Fazendo o quê?
- Adivinha, Lili... promessas de fim de ano.
- Ihhhh...esse ano eu to fora.... cansei de prometer, nada acontecer e eu não cumprir...ano que vem vai ser igual aquela música ‘deixa a vida me levar...’
- E tava prometendo o que dessa vez?
- Ah, deixa eu adivinhar...hum...emagrecer! Não porque todo ano eu prometo que vou perder 10 quilos e ganho mais 10!
- Homem, com certeza, homem faz parte da promessa da Di...ela não desiste (risos)
- Ai, credo, ao invés de ficarem me zuando deviam me incentivar me apoiar...mas não, vocês sempre me fazem descumprir todas as promessas...
- Nós?! Vamos beber vai...


Pegamos a garrafa de champagne, uns salgadinhos e fomos relembrar a vida na minha varanda. Nem é preciso dizer que bebemos tudo e varamos a noite né?

- Fui numa cartomante!
- Mas você não disse que não acreditava mais nessas coisas, Betina?
- Curiosidade...
- E o que ela te disse?
- Que meu ano será ótimo, mas com alguns obstáculos a superar...e um deles já começou...o Beto me ligou.
- Sai desse corpo que não te pertence...
- Me convidou pra passar o Reveillon com ele em Angra...
- E você não aceitou né?
- E eu sou louca de recusar um convite desses?! Passar o ano novo num lugar maravilhoso e com um homem...
- Canalha! – retrucou Lili
- Pelo menos, garanto que vou começar o ano bem acompanhada e vocês?
- Ah, eu acho que vou pra casa de uns amigos...beber, jogar conversa fora...e você Di?
- Sabe que nem pensei nisso? Esse ano to meio down...queria ir pra uma ilha deserta...
- Nossa, mas o que houve?
- Crise dos 30. Ano que vem serei uma trintona e o que tenho na minha vida?
- Nóssssssssssssssssss....
Pra não chorar me consolei com elas mesmo. Terminamos a noite com um vinho espanhol guardado para ocasiões a dois...mas foi a três.


Amanheci no dia 31 com uma baita dor de cabeça. Beber bebidas ‘caras’ dá nisso. Passei o resto da tarde de pijama, comendo pipoca e assistindo “Uma linda mulher”...confesso que chorei.

Meu telefone tocou algumas vezes. Na primeira, era minha mãe me enchendo o saco para ir para a fazenda passar o ano novo com a tiarada e com a sobrinhada, mas inventei que já tinha programa melhor. Depois, foi a Betina me desejando bom ano novo. E depois a Lili, que ficou com pena de mim e tentou me convencer a todo custo a passar o Ano Novo na casa dos amigos dela. Ela foi tão chata, mas tão chata que prometi que ia dar uma passadinha rápida.

22h. A Lili já buzinava loucamente na frente do meu prédio. Desci e partimos em direção ao meu Reveillon alucinante.


Ao chegar na casa do amigo da Lili, fiquei embasbacada. Era do tipo mansão de cinema,sabe? E mais cinematográfico ainda era o dono...Juan, um moreno com cor de jambo e olhos mel que me deixaram hipnotizada.

Juan era amigo de infância da Lili, mas como amigos bonitos a gente não apresenta, ela escondeu ele a sete chaves e agora me revelava...

- Menina, onde esse pecado se escondeu todo esse tempo?
- Ih, pode tirar o seu boizinho da chuva... o negócio do Juan são lolitas e a dele vem aí...

Meu queixo bateu e voltou do chão, quando viu a paquita, vulgo namorada do bonitão, descer as escadas. Sabia que meu ano novo não ia ser bom....


Faltando 10 minutos para meia-noite, me ausentei do pessoal e fui caminhar no jardim. Comecei a pensar na minha vida e em todas as coisas que conquistei e que me deixaram esse ano. Agora lá estava eu, prestes a ser agarrada por um novo ano onde muitas outras coisas me conquistariam e tantas outras poderiam me deixar.E eu estava preparada para o abraço?

10 ...9...8...7...6...5...4...3...2...1... FELIZ ANO NOVO!


Papo de calcinha: Quais são suas expectativas pro ano que vem?

Faça parte da nossa comunidade: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=42177187

Um comentário:

Anna Carolina disse...

tô nessa do -10, viu? força, lets, amiga, vamos conseguir. queria um moçoilo tb, mas isso só esperando acontecer mesmo... beijooos